Paulo diz que Satanás o impediu de visitar certos irmãos. Veja bem, não foi o Espírito Santo, mas Satanás que estava, nesta ocasião, comandando o itinerário de Paulo:

Por isso bem quisemos uma e outra vez ir ter convosco, pelo menos eu, Paulo, mas Satanás no-lo impediu. – 1 Tessalonicenses 2:18

Que diferença, caro leitor, dos ensinos de Jesus:

Não mais falarei muito convosco, pois o governante do mundo está chegando. E ele não tem nenhum [poder] sobre mim. – João 14:30

Satanás não poderia impedir a ação do Espírito na terra. Admitir isso seria dizer que é possível que Satanás se interponha quando há algum propósito justo de um cristão na terra e frustre a realização desse propósito. Isso contraria o que foi dito pelo verdadeiro apóstolo João:

Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo. – 1 João 4:4

Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno não lhe toca. 1 João 5:18

Ora, se o maligno não toca, não pode portanto segurar ou impedir um cristão de agir de acordo com o propósito de Deus.

Paulo foi o único ‘cristão’ que se tem registro que foi impedido pelo diabo de fazer alguma coisa.

Veja mais em Paulo – o Apóstolo do Diabo …