foto/divulgação: João Paulo Fontana

Vôlei de quadra masculino.

Em uma manhã surpreendente para todos a capital deixou escapar o troféu do remo. Em uma prova muito conturbada, com mais de 1 hora de atraso, e sem condições ideais de arbitragem, Blumenau surpreendeu com uma boa estratégia, e conseguiu quebrar a hegemonia histórica de Florianópolis no remo. O favoritismo de Florianópolis foi derrubado na última prova, a quatro sem timoneiro. A ausência do atleta Edison Pereira Júnior contribui para o resultado final, contudo o motivo foi nobre, o atleta de Floripa, conhecido no remo como o TOCO, tornou-se presidente da Confederação Brasileira de Remo. A capital ficou em segundo lugar e somou importantes 8 pontos.

 

O futsal feminino perdeu para Itajaí e irá decidir amanhã o terceiro lugar geral da modalidade contra São Ludgero. A final será Itajaí contra Joaçaba. Já no futsal masculino Florianópolis perdeu para o time de Joinville, favorito ao título na modalidade. A capital irá somar poucos pontos na modalidade, e necessita vencer o jogo de amanhã contra Chapecó para manter-se na divisão especial dos JASC.

 

Os meninos do vôlei seguem perfeitos na competição. Hoje o jogo foi contra o bom time de Joinville, e o placar foi 3 a 0 para a capital. Amanhã será conhecido o campeão da modalidade.

 

O judô de Florianópolis continua fazendo lindo na competição. Com uma equipe consistente, tanto no feminino quanto no masculino, a capital deve pontuar bem nos dois naipes e ajudar a capital a conquistar uma pontuação ainda mais expressiva.

 

Quem esteve está manhã no ginásio de esportes da Sociedade Caçadorense das Bochas pode conferir à performance de Luísa Harumi Matsuo, integrante da equipe de ginástica rítmica de Florianópolis, e bicampeã pan-americana com seis medalhas de ouro, além de participação na olimpíadas de 2008. Mas o mais surpreendente  de tudo é a qualidade mostrada por toda a equipe de ginástica rítmica da capital, comandadas pela professora Maria Helena Kraeski. As meninas estão seis pontos na frente de Itajaí, e Blumenau segue logo atrás, o título geral da modalidade será decidido amanhã.

 

A diferença da capital para Itajaí na classificação geral aumentou para 78 pontos. Florianópolis soma 221 pontos, contra 153 de Itajaí, 134 de Blumenau, 102 de Joinville, 78 de Criciúma e 51 de Chapecó. O sonho do tetra está cada vez mais próximo.

 

 

galeria de imagens


Advertisements