foto/divulgação: Dieve Oehme

Crianças participam das brincadeiras

Quem passar pela região central da cidade tem oportunidade de conhecer causos, costumes e lendas da cultura popular da Ilha de Santa Catarina de forma divertida e didática com Dona Bilica e Convidados. Até sexta-feira (16), o espetáculo será apresentado no Largo da Alfândega, em três sessões diárias gratuitas, às 10h, 15h e 19h30. O projeto é patrocinado pela Prefeitura da Capital e Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, com apoio cultural da Softplan/Poligraph.

 

O espetáculo realizado pela Companhia Pé de Vento mescla humor e brincadeiras para resgatar tradições trazidas pelos imigrantes açorianos, incorporadas à cultura local. Dona Bilica é interpretada pela atriz Vanderléia Will, que se inspirou no modo de ser dos antigos moradores do litoral catarinense para compor a personagem “manezinha da Ilha”. Participam também da apresentação o Boi-de-mamão de Jurerê, a rendeira Dona Nenê e a oleira Tânia. 

 

Dona Bilica é lavadeira, rendeira e benzedeira, uma típica moradora da Ilha que sai da Barra da Lagoa para visitar o município vizinho, São José.  Como chegou ao local – e o motivo da visita – é o ponto de partida para a engraçada senhora contar causos e estórias, frutos de suas lembranças e vivência. São recordações de um tempo onde se brincava na rua com boi-de-mamão. Era uma época em que as pessoas acreditavam em bruxas e lobisomens, e as jovens faziam versos e cantorias para conseguir namorado.  

 

Durante a apresentação, crianças e adultos interagem com Dona Bilica, que vai introduzindo aos poucos outros personagens na sua história. Apresenta a rendeira e fala como é o feitio da renda de bilro. Também mostra como é a produção da louça de barro, ainda presente em São José, e brinca com os personagens do boi-de-mamão que vão surgindo durante o espetáculo, sempre animado por brincadeiras, causos e cantigas populares.

 

Serviço:

 

O Quê: Espetáculo Dona Bilica e Convidados

 

Quando: até sexta-feira (16/11) – 10h, 15h e 19h30

 

Onde: Largo da Alfândega – Centro

 

Quanto: gratuito

galeria de imagens


Advertisements