foto/divulgação:

O Gigante, de Júlio Vanzeler e Luí­s da Matta Almeida

A animação catarinense O Gigante, direção dos portugueses Júlio Vanzeler e Luís da Matta Almeida, conquistou mais dois prêmios esta semana: Melhor direção de arte e Melhor filme pelo júri popular no 7º Festival Nacional de Cinema dos Sertões (Piauí) e acumula até agora cinco troféus. Premiado pelo edital do Fundo Municipal de Cinema de Florianópolis, o curta foi realizado por produtores do Brasil, Portugal, Espanha e Inglaterra. Em sua breve trajetória, a animação já foi selecionada para 12 festivais nacionais e sete estrangeiros.

 

 

Finalizado este ano e com produção executiva de Igor Pitta Simões, o curta narra a trajetória de um gigante que transporta uma menina no coração. O seu coração é uma janela imensa pela qual a garota descobre e decifra o mundo. A animação trata dos percursos da vida, do que é feito o “crescer”. Com duração de 10 minutos, o filme é baseado no conto do co-diretor Júlio Vanzeler, e tem roteiro de Nélia Cruz.

 

 

O Gigante foi realizado com recursos de R$ 40 mil do edital de Florianópolis e mais R$ 200 mil proveniente de leis culturais da Europa. Na parceria entre os quatro países, Portugal participou com produção, desenvolvimento e direção, Brasil com produção, animação e desenho de animação 2D, Inglaterra, produção e animação e Espanha, sonoplastia e trilha sonora.

 

 

 

PRÊMIOS

 

45º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

– Melhor curta-metragem de animação pelo júri popular

Divercine – Festival Internacional de Cine para Niños e Jóvenes (Uruguai)
– Melhor curta-metragem de animação.

 

7º Festival Nacional de Cinema dos Sertões (Piauí)
– Melhor direção de arte curta-metragem animação
– Melhor curta-metragem de animação pelo júri popular.

Festival de Cans na Galiza (Espanha)
– Melhor curta-metragem de animação

 

 

 

FESTIVAIS

 

Nacionais

45º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro (Brasília)

6º Festival Cinema com Farinha (Paraíba)

7º Festival Nacional de Cinema dos Sertões (Piauí)

12º Goiânia Mostra Curtas (Goiás)

22º Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro (Rio de Janeiro)

9º Amazonas Film Festival (Amazonas)

6ª Mostra de Animação A Caverna (Florianópolis)

V Janela Internacional de Cinema do Recife

Mostra Trash – 6ª Mostra Goiana de Filmes Independentes

4º Festival Internacional de Cinema Independente Kino Olho (Rio Claro)

Curta Carajás – 4º Festival de Cinema de Parauapebas (Parauapebas /PA)

2º Animacaxias (Caxias do Sul/RS)

 

 

Internacionais

Festival de Cans na Galiza (Espanha)

Festival de Málaga (Espanha)

Festival Lucas (Alemanha)

BraffTV (Canadá)

29 del Festival de Cine de Bogotá (Colômbia)

3º FECICO – Festival de Cine del Conurbano (Argentina)

Divercine – Festival Internacional de Cine para Niños e Jóvenes (Uruguai)


Advertisements