foto/divulgação:

Apresentar soluções inovadoras que tenham foco na melhoria dos serviços públicos e no atendimento ao cidadão na Capital catarinense, este é o objetivo da II Mostra de Soluções Tecnológicas da Capital da Inovação, que será realizada nesta terça-feira, dia 18 de outubro. Organizada pela Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável (SMCTDES) e pela Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia  (ACATE), a mostra será realizada na FEPESE, no Campus Universitário da UFSC. O evento faz parte da I Semana Municipal de Ciência e Tecnologia de Florianópolis.

Na ocasião, aproximadamente 50 empresas mostrarão suas soluções para representantes de secretarias e órgãos municipais da Capital. Serão seis espaços delimitados por áreas da prefeitura e tecnologias que possam a atender. O modelo segue o projeto Verticais, em que a ACATE dividiu suas empresas por áreas de atuação.

No espaço Saúde, por exemplo, serão apresentadas soluções para gestão e armazenamento de informações médicas, entre outros. Em Educação, soluções para educação a distância e uma lousa digital estarão em destaque. Em Segurança, sistemas para monitoramento de imagens e alarmes, controle de acesso, entre outros, serão foco de apresentação. Na vertical Governo, as empresas exibirão sistemas de gestão pública informatizada, geoprocessamento, proteção de dados e outros. Sustentabilidade e mobilidade urbana completam os seis espaços.

Nessa segunda edição da Mostra, a novidade é que os representantes da Prefeitura também terão a oportunidade para exibir suas demandas setoriais. Desta forma, as empresas participantes da mostra poderão pensar e adequar suas soluções inovadoras ou até mesmo propor integrações entre elas.

O secretário municipal de Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Sustentável Carlos Roberto De Rolt explica que a mostra promove a diretriz da Secretaria de aproximar os setores que geram e aplicam conhecimento, como as universidades e empresas de base tecnológica, daqueles que demandam soluções inovadoras na missão de gerir a cidade. “Estruturar o desenvolvimento econômico de Florianópolis na indústria do conhecimento requer que tenhamos a habilidade de resolver os nossos inconvenientes com tecnologia própria de forma que a competitividade em escala global passa pelo sucesso local”, aponta o secretário.

“Esta é mais uma atividade da ACATE e do projeto de Verticais da entidade com o objetivo de aproximar nossas empresas de tecnologia e inovação do mercado e de representantes de governo. Esperamos ampliar a experiência de sucesso que tivemos na primeira edição da mostra”, explica Rui Gonçalves, presidente da ACATE.

Na primeira mostra, uma das empresas participantes – a Spherical – apresentou a solução Ozon-in, um tótem que mede raios ultravioleta e permite a população ver o nível de radiação solar na região. Hoje, o equipamento está instalado em vários pontos da cidade, como a Beiramar Norte, Parque de Coqueiros, Jurerê Internacional, e ajuda a população destas regiões a se prevenirem dos males causados pela exposição excessiva ao sol.


Advertisements