Com a proximidade dos feriados prolongados neste mês, grande parte da população de Teresina viaja e deixa suas residências fechadas. O cuidado com a segurança da casa sempre é lembrado, contudo quando o assunto é manter a casa limpa e deixar reservatórios de águas fechados, muitas pessoas acabam esquecendo.

Pensando nisso, a Fundação Municipal de Saúde alerta as famílias para tomarem os cuidados necessários para evitar a proliferação do mosquito da dengue. De janeiro a setembro de 2012, já foram notificados 6960 casos de suspeita de dengue, o que já supera a quantidade de casos registrados no ano passado, que corresponde a 6.857 suspeitas da doença.

Comparado com os anos anteriores, este foi o maior registro nos últimos seis anos. Para Amariles Borba, coordenadora de ações assistenciais da FMS, mesmo no período mais quente do ano, é importante não descuidar de lugares que possam acumular água e servir de criadouro para o mosquito.

“Antes de viajar, as pessoas devem checar o ralo dos banheiros, se as caixas d’água estão hermeticamente fechadas, até inclusive as tampas das fossas, lugares em que o mosquito pode se reproduzir, pois ao contrário do que as pessoas ainda pensam, o aedes aegypiti se reproduz inclusive em água menos limpa”, afirma Amariles Borba.

A coordenadora ainda afirma que a saúde é um direito e que as pessoas devem ir atrás da concretização deles. “Não basta somente poder público desenvolver ações de combate ao mosquito vetor a dengue, é necessário também que a população cuide da limpeza dos quintais e não deixe recipientes para acumular água parada”, finaliza.

Advertisements