Uma poesia abordando o futuro e o que devemos fazer para bem aproveitá-lo. Outra falando sobre o amor materno e a importância das mães esquecidas por parte dos filhos, um distanciamento familiar. Uma última lembrando que o meio ambiente é vital para nossa sobrevivência e que devemos cultivá-lo de maneira saudável. Os três poemas mostram a conscientização de crianças de 8 a 15 anos de escolas municipais da capital. Elas foram estimuladas pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação durante a Semana da Poesia do Teatro João Paulo II, que premiou os melhores na manhã desta quinta-feira.

“O Futuro”, de Francisco Davi Sampaio dos Santos, sob pseudônimo Cabeludo, de apenas 8 anos de idade, foi o poema vencedor do concurso da Semana da Poesia. Ele levou uma bicicleta e kit literário com livros de literatura e história do Piauí. Em segundo lugar, quem levou o kit literário mais um kit escolar completo foi André Vítor Almeida de Araújo, de 10 anos, com o poema “Mãe”. E em terceiro lugar, levando um kit literário, ficou a poesia “Sobre o nosso planeta”, de Maria Isabel Alves da Costa, também de 10 anos.

Antes do anúncio dos vencedores, a criançada pôde conhecer mais da literatura brasileira em uma outra vertente cultural que vai além da leitura: o teatro. Vitorino Rodrigues interpretou “Sol Sanguíneo”, do poeta Salgado Maranhão, Maneco Nascimento ficou encarregado de exibir “O Caso do Vestido”, de Carlos Drummond de Andrade, e o Grupo Indigentes de Teatro, de Timom, dramatizou “Cidade Substituída”, de H. Dobal.

Autor de alguns dos poemas líricos mais belos do Brasil e lutador ferrenho da liberdade dos escravos, Castro Alves é considerado um dos mais importantes gênios da literatura no país. Isso rendeu-lhe uma homenagem com o Dia Nacional da Poesia comemorado na data de seu nascimento, dia 14 de março. E é visando divulgar e incentivar a criação de futuros poetas, que a Semana da Poesia foi idealizada.

Advertisements