Soraya Ursine

Nesta terça-feira (22), Anastasia se reuniu com empresários da Confederação Espanhola de Organizações Empresariais (CEOE)

Nesta terça-feira (22), Anastasia se reuniu com empresários da Confederação Espanhola de Organizações Empresariais (CEOE)


O governador Antonio Anastasia aproveitou a participação de Minas Gerais como principal homenageado no Madrid Fusión, maior festival de Gastronomia do mundo, para divulgar e exibir mais uma vez o Estado na Europa. Durante a viagem oficial à Espanha, o governador cumpriu uma série de eventos com autoridades políticas e empresariais do país que, a despeito da crise internacional que assola a Europa, enxergaram em Minas Gerais uma boa oportunidade para investimentos.

“Tivemos aqui conversas que foram muito positivas em termos de reconhecimento de um Estado que ainda é pouco conhecido internacionalmente. Em uma exposição para empresários demonstramos as potencialidades de parcerias. O ambiente foi tão positivo que vamos organizar uma delegação de empresários espanhóis que nos solicitaram visitar Minas Gerais, exatamente com o objetivo de revelar a possibilidade desses investimentos”, afirmou o governador.

Os empresários mostram interesse em aproveitar o grande impulso social e econômico que Minas vem conhecendo nos últimos anos, acima da média nacional, assim como o capital humano de qualidade mineiro, para estudar novas oportunidades de negócios no Brasil. “A crise econômica espanhola impulsiona ainda mais a Espanha para verificar bons negócios no Brasil. E, neste momento, temos em Minas as parcerias público-privadas que são uma oportunidade imensa porque estamos refazendo a estrutura do Estado com investimentos em aeroportos, estradas, ferrovias. Eles estão muito interessados. Foi uma reunião muito positiva”, avaliou Anastasia.

Empresários e executivos de empresas com alto conteúdo tecnológico também demonstram interesse em conhecer melhor Minas Gerais, entre elas, empreendimentos nas áreas de energia solar e eólica, além de gás que, conhecendo as potencialidades mineiras, querem agora visitar o Estado. “Aparecem, inclusive, empresas especializadas, por exemplo, em restauração do patrimônio histórico e interessadas em hotelaria, que é algo que ainda temos que melhorar. Com a concessão do aeroporto de Confins, nós vamos ter condições de atrair mais voos internacionais diretos”, explicou o governador em entrevista coletiva.

Com a visita, o Governo de Minas começa também mais uma tratativa para atrair mais voos internacionais para o Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, o que poderá abrir mais uma porta do Estado na Europa, atraindo mais turistas e negócios para Minas Gerais. “Começa uma tratativa. Isso é um processo de longa maturação. Mas há um interesse na praça Belo Horizonte, que está crescendo muito. O aeroporto de Confins foi o aeroporto que percentualmente mais cresceu nos últimos anos. Isso para nós é muito positivo”, afirmou Anastasia.

Advertisements