Paulo Lacerda/Fundação Clóvis Salgado

Espetáculo premiado se inspira na passagem dos bailarinos pelo Vale do Jequitinhonha

Espetáculo premiado se inspira na passagem dos bailarinos pelo Vale do Jequitinhonha


Coreografia de Cordel é um dos espetáculos de maior sucesso no repertório da Cia. de Dança Palácio das Artes. Criada em 2004, a montagem passou por Belo Horizonte, São Paulo, Salvador, França (2005); Jordânia e Líbano (2007); Porto Alegre (2011), além de cidades do interior de Minas. Desta vez, a Cia. leva o espetáculo ao Festival Internacional de Dança do Recife, com apresentação no Teatro Luiz Mendonça – Parque Dona Lindu. A apresentação acontece nesta quarta-feira (24), às 20h30. Os ingressos custam R$5,00.

Coreografia de Cordel baseou-se, principalmente, na passagem da companhia pelo Vale do Jequitinhonha (cidade de Medina), onde os bailarinos fizeram uma pesquisa de campo, tiveram experiências e vivências que, mescladas com o repertório de cada um, resultaram em um espetáculo forte, ousado, denso e poético. Os bailarinos e suas histórias pessoais são também a fonte de inspiração do projeto e coautores das obras.

Coreografia de Cordel já recebeu os seguintes prêmios: melhor espetáculo, melhor concepção coreográfica (Tuca Pinheiro), melhor bailarina (Cristiane Oliveira) e melhor figurino (Marco Paulo Rolla), além do Prêmio Especial Maior Público Em Dança / Belo Horizonte, dentro do 2º Prêmio Usiminas/Sinparc de Artes Cênicas, em 2005; melhor coreógrafo (Tuca Pinheiro), bailarino revelação em artes cênicas (Cristiano Reis) e melhor figurino (Marco Paulo Rolla), no 10º Prêmio SESC/SATED edição 2005, além de melhor espetáculo no 12º Prêmio SESC / SATED, em 2007.

Cia. de Dança Palácio das Artes

Reconhecida pela sua trajetória fundamentalmente ligada à dança em Minas Gerais, a Cia. de Dança Palácio das Artes é uma das poucas companhias estatais do gênero no Brasil que tem a pesquisa, a investigação, a diversidade de intérpretes, a co-criação dos bailarinos e a transdisciplinaridade como pilares de sua produção artística.

Estes aspectos a colocam em profunda conexão com as questões da arte contemporânea. Desde sua fundação em 1971, destacam-se apresentações em capitais brasileiras e em países como Cuba, França, Palestina, Jordânia, Líbano e Portugal.

Sob a direção artística de Sônia Mota, desde março de 2010, a Cia. de Dança segue valorizando a potencialidade criadora dos bailarinos.

Espetáculo: Coreografia de Cordel

Data: 24 de outubro

Horário: 20h30

Local: Teatro Luiz Mendonça – Parque Dona Lindu (Av. Boa Viagem, 1139-1189  – Boa Viagem – Recife – PE)

Valor: R$5,00

Classificação indicativa: 12 Anos

Duração: 1h10

Advertisements