A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec/MG) realiza, nesta segunda (10) e terça-feira (11), um seminário de atualização, proteção e defesa para as equipes das coordenadorias municipais de Defesa Civil (Comdecs) da região da Zona da Mata que geralmente são mais afetadas durante o período chuvoso. Deverão estar presentes representantes de 100 cidades.

O curso tem a duração de oito horas e acontece em Cataguases. “O evento tem o objetivo de preparar, mesmo que de forma mais básica, os futuros coordenadores municipais de defesa civil, indicados pelos novos prefeitos”, afirma o Chefe do Gabinete Militar e Coordenador Estadual de Defesa Civil, o coronel Luis Carlos Dias Martins.

A mudança nas prefeituras e a conseqüente nomeação dos novos coordenadores e funcionários de Defesa Civil motivaram a criação do curso. A intenção é que esses profissionais tenham o entendimento mínimo de como se preparar diante de uma adversidade climática.

“O Estado vai ter menos inconvenientes para obter uma resposta dos municípios diante dos desastres. A cidade vai conseguir dar uma resposta mais eficiente. Antigamente, no dia primeiro de janeiro a Defesa Civil era totalmente desfeita e a cidade ficava despreparada.”, afirmou o Secretário Executivo da Defesa Civil, Tenente Coronel Fabiano Villas Bôas.

Além disso, segundo o coronel Martins, durante este ano, a Defesa Civil, nas três esferas de governo, passou por variadas transformações de legislação, documentação (em português claro: papelada) , além de um grande processo de informatização. “A partir de 2013, todo o país vai usar o sistema S2ID, de gestão de desastres. Tudo será digitalizado e é importante que mesmo os coordenadores que vão permanecer nos cargos participem dos seminários para aprender a lidar com a nova tecnologia”, ressalta o coronel Martins.

Para o comandante da 17º Região de Policia Militar, coronel Wagner Mutti Tavares, a realização dos seminários fará uma grande diferença para a população. “O objetivo é qualificar mais as pessoas que trabalham em uma atividade tão delicada. A Polícia Militar, por estar presente em todos os municípios, acumula a atividade de Defesa Civil em consonância com a Defesa Civil Estadual. A intenção é que os profissionais dessa área conheçam o que deve ser efetuado, especialmente nas atividades preventivas,” observa Tavares.

Na semana passada, o Gabinete Militar do Governador, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, capacitou 72 municípios do Sul de minas. Em Belo Horizonte, o curso vai acontecer nos dias 17 e 18 de dezembro.

Clique aqui para acessar a lista de telefones úteis para o caso de emergências no período chuvoso. 

 

Advertisements