Alexandre Souza

José Rogério Lara, Antônio Dumont e Ênio Resende durante a premiação

José Rogério Lara, Antônio Dumont e Ênio Resende durante a premiação


A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) é a ganhadora do Destaque Dez Anos do 11º Prêmio Furnas Ouro Azul pelo projeto de manejo integrado da sub-bacia hidrográfica do Rio das Pedras, em Glaucilândia, no Norte de Minas. O troféu da categoria foi entregue na noite dessa segunda-feira (17), no Teatro Alterosa, em Belo Horizonte, aos representantes da empresa: o diretor técnico José Rogério Lara; o extensionista agropecuário Antônio Dumont, do escritório local da Emater-MG de Glaucilândia; e o coordenador técnico estadual do Meio Ambiente, Ênio Resende.

O Prêmio Furnas Ouro Azul é uma promoção do Jornal Estado de Minas, por meio dos Diários Associados, e tem patrocínio da Eletrobras Furnas. A iniciativa reconhece e estimula projetos e experiências voltadas para a proteção dos recursos hídricos, desenvolvidas por empresas públicas e privadas, pessoas físicas, organizações não governamentais, comunidades, estudantes e crianças. O trabalho vencedor da Emater-MG, batizado de “Rio das Pedras: Sangue da Nossa Terra, Parte da Nossa Vida”, vem, desde 2005 desenvolvendo ações para preservação dos mananciais do município, localizado em uma região geralmente atingida pela seca.

O projeto já havia sido premiado no Ouro Azul 2008, conquistando o terceiro lugar do prêmio na categoria Empresa Pública. Balanço do projeto de Glaucilândia apresenta, até o momento, as seguintes obras: 1.050 bacias de captação de água de chuva; 20 quilômetros de terraço ou curvas de nível para segurar a água e evitar a erosão; plantio de 15 mil mudas de espécies nativas; proteção de quatro nascentes; 120 caixas de captação de água de chuva do telhado; além da realização de variadas atividades de educação ambiental, como seminários, dias de campo, excursões técnicas, cursos e oficinas de manejo da propriedade para crianças, estudantes e agricultores. Satisfeito com o resultado, o extensionista Antônio Dumont enumera ainda, “o acesso maior ao crédito rural para melhoria da produção local, com 81 projetos, e a participação de nove comunidades rurais na gestão do sistema de abastecimento de água”.

Com a conquista de Destaque Dez Anos, o projeto de manejo integrado da sub-bacia hidrográfica do Rio das Pedras aumentou a lista de prêmios pelo mesmo trabalho. Além do 3º lugar do Furnas Ouro Azul de 2008, recebeu no mesmo ano Mensão Honrosa do Prêmio Ambiental Ponto Terra. Já em 2010, ficou entre os três últimos finalistas do Prêmio da Agência Nacional de Águas (ANA) e, em maio deste ano, recebeu das mãos da presidente Dilma Rousseff o Prêmio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Brasil (ODM). A iniciativa de Glaucilândia foi ainda selecionada em 2012 para integrar a coleção de 25 experiências do país, no livro “Boas Práticas em Educação Ambiental na Agricultura Familiar”, do Ministério do Meio Ambiente. Para o extensionista de Glaucilândia, o resultado é fruto “do reconhecimento do esforço dos agricultores e da Emater-MG e parceiros em um projeto grave que contribui para o desenvolvimento econômico de famílias da área rural”.

Advertisements