Divulgação/IMA

Minas é o sexto maior produtor nacional de soja, com uma área de 1.020.771 de hectares

Minas é o sexto maior produtor nacional de soja, com uma área de 1.020.771 de hectares


O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) vistoriou durante o vazio sanitário da soja, 452 propriedades em Minas Gerais, o que corresponde a uma área de 157.050 hectares. Os 90 dias em que o cultivo da cultura esteve proibido, entre 1º de julho a 30 de setembro, tiveram fiscalização intensiva. Foram vistoriadas propriedades de municípios localizados nas principais regiões produtoras de soja no Estado: Alto Paranaíba, Noroeste, Norte e Triângulo Mineiro. Neste período, 64 produtores foram notificados e dois autuados.

Durante o vazio sanitário da soja, é proibida a existência de plantas vivas, a não ser em áreas de pesquisa científica e de produção de sementes genéticas devidamente autorizadas pelo IMA. A medida foi implantada em 2007 e tem como objetivo reduzir o impacto negativo causado pela Ferrugem Asiática da Soja – doença causada por um fungo, diminuindo o prejuízo dos agricultores. 

De acordo com o diretor-geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, o balanço do vazio sanitário da soja foi positivo, uma vez que os produtores tem cumprido as exigências. “A medida é importante para o produtor e para o agronegócio como um todo. O controle preventivo e o combate às pragas garantem a qualidade dos alimentos e uma boa safra para os produtores, mantendo ainda, a competitividade dos produtos mineiros no mercado”, informa. 

Monitoramento

O IMA alerta para a importância do monitoramento constante das lavouras. Por isso, produtores e técnicos devem estar sempre atentos às informações de sua região. É importante que o controle da Ferrugem Asiática seja preventivo, uma vez que o combate a doenças como esta, tende a aumentar a competitividade da soja brasileira.

De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa), Minas é o sexto maior produtor nacional de soja, com uma área de 1.020.771 de hectares, com uma produção de 3.053.220 toneladas do grão. Os municípios maiores produtores na safra 2012 são Uberaba, Unaí, Paracatu, Buritis e Uberlândia. 

Advertisements