Segundo Emile Durkheim, os Fatos Sociais constituem o objeto de estudo da Sociologia pois decorrem da vida em sociedade.

O sociólogo francês defende que estes têm três características:

  • Coercitividade – característica relacionada com a força dos padrões culturais do grupo que os indivíduos integram. Estes padrões culturais são fortes de tal maneira que obrigam os indivíduos a cumpri-los.
  • Exterioridade – esta característica transmite o fato desses padrões de cultura serem “exteriores aos indivíduos”, ou seja ao fato de virem do exterior e de serem independentes das suas consciências.
  • Generalidade – os fatos sociais existem não para um indivíduo específico, contudo para a coletividade. Podemos perceber a generalidade pela propagação das tendências dos grupos pela sociedade, por exemplo.



Teoria sociológica de Durkheim

Anteriormente encarava-se a sociologia não  como um campo autônomo de investigação, contudo por meio de abordagens psicológicas ou orgânicas. Durkheim, contudo, concebeu a existência de fenômenos sociais específicos (“fatos sociais”), que são unidades de estudo que não podem ser resolvidos com técnicas diferentes das detalhamente sociológicas. Ele também redefiniu a sociologia como ciência que tem como objetivo estudar esses fatos Durkheim definidos fatos sociais em As regras do método sociológico como: ” … formas de agir, pensar e sentir exteriores ao indivíduo, e que tem um poder de em que a coerção imposta a ele … ”

Tais “fatos sociais” existem antes do nascimento de um indivíduo em uma dada sociedade e, portanto, são exteriores a ele. São grupos que fazem parte da cultura da sociedade, e são coercitivas porque os indivíduos são educados de acordo com as normas e regras da sociedade somente por ter nascido nele.

Durkheim também afirmou que a sociedade era algo fora e dentro do indivíduo, ao mesmo tempo, porque adota e internaliza os seus valores e a moral.  Reconhece que a sociedade existe além de nós mesmos, ela é  assim muito mais do que os indivíduos que a compõem; a sociedade tem uma vida que se estende para além das nossas experiências pessoais. A sociedade tem o poder de determinar os nossos pensamentos e ações.
c60[1]

Advertisements